OURIVESARIA.NET Posts

Além de expor as coleções de ambos os designers, a loja será um espaço de experiência – The Jewellery Experience, em que os visitantes poderão assistir à manufatura das peças ao vivo e participar na própria criação e personalização das suas peças.

Diogo Dalloz e Ni Romiti, designers brasileiros de joias, afirmam-se cada vez mais no mercado português com a recente abertura de uma loja-atelier de joalharia contemporânea, na baixa do Porto, As Galerias Lumière são a nova morada destes dois  jovens criadores que apostam assim no crescimento da marca, que além de ponto de venda, acolhe também o atelier criativo.

Brasil Eventos Joalharia Brasileira Noticias Portugal

Inês Telles foi a grande responsável pela decoração de todo o espaço e uma das suas preocupações foi em criar um espaço onde qualquer pessoa se sinta confortável como em sua própria casa. Há muito mobiliário vintage e alguma plantas. Cada recanto do atelier de Inês Telles possui elementos ligados à natureza ou objetos de lugares que vai conhecendo e recolhendo ao longo de viagens. São como que uma inspiração e referência nas criações da sua própria joalheira.

Inês Telles Joalharia Portuguesa Noticias

O mercado de diamantes de laboratório é uma opção mais barata, mais ecológica e eticamente correta, defendem alguns cientistas.
Diamantes e micro-ondas parecem, à partida, palavras que não estariam de mãos dadas na mesma frase. Mas, a verdade é que, graças ao avanço da tecnologia. Vários grupos de cientistas estão a utilizar o eletrodoméstico que faz parte da cozinha da maioria dos portugueses para o fabrico de diamantes “perfeitos”.

O método mais usado é o Chemical Vapor Depositionm (CVD), que significa Deposição por Vapor Químico. Essa técnica surgiu no ano de 1982.

Esse método funciona da seguinte forma: Um forno em temperatura alta – média de 800ºC até 1.000ºC – contém um tubo de quartzo, o qual uma das extremidades, libera o gás químico através de uma mangueira, junto à base do carbono, misturado a hidrogênio ou algum outro gás de reação. O gás, quando submetido ao calor, passa por uma alteração química, que acaba por decompô-lo em moléculas, incluindo átomos de carbono depositados, formando o diamante.

Internacional Joalharia Brasileira Joalharia Portuguesa Noticias

Fernando Jorge é brasileiro radicado em Londres,desenvolve seu trabalho com inspiração na sensualidade,despindo suas joias de referências históricas e revelando formas orgânicas e linhas fluidas. O resultado são peças ao mesmo tempo elegantes e provocativas.

A fabricação das suas peças requer tanto a tecnologia de produção de grandes indústrias quanto a habilidade de ourives cuidadosamente selecionados. Entre suas marcas registradas estão o uso de pedras brasileiras com lapidações especiais.

Fernando Jorge Joalharia Brasileira

 O resultado estará em exposição no Tincal Lab, no Porto, de 10 de novembro a 31 de dezembro. É ja a quarta edição do Desafio Tincal Lab, este ano  convidou joalheiros de todo o mundo a criarem peças sob o tema “Joalharia e Tecnologia”. Depois de nas ediçõs anteriores incluirem temas como a “Joalharia e Arquitetura”, “Joalharia e Cinema” e “Joalharia e Música”.

A palavra tecnologia deriva do grego techni (técnica, arte, ofício) e logia (estudo, razão).

Hoje em dia é quase impossível dissociar o termo tecnologia do universo digital, mas no passado a roda foi a tecnologia mais avançada do seu tempo e a escrita, com que hoje em dia raramente interagimos sem o recurso a um monitor, uma inovadora ferramenta de comunicação.

A própria joalharia tem também evoluído ao longo dos tempos. Se no passado a fundição por ceras perdidas terá revolucionado a produção em série, hoje em dia, a impressão 3D ou o corte a laser permitem desenvolver peças com formas ou em materiais antes impensáveis, permitindo, através da técnica, levar também a arte a um outro nível.

Seremos capazes de imaginar como será a joalharia daqui a cem anos?

Um dos requesitos pedido aos joalheiros foi para que criassem até três peças, com o preço máximo de 100 euros, inspiradas no tema. Em resposta a esse desafio, mais de 40 joalheiros de 20 países diferentes criaram quase 100 peças exclusivas.

J Ú R I

Ana Pina (Portugal) | representante Tincal lab

Arquitecta de formação (FAUP, 2004), trabalha alguns anos nesta área antes de descobrir o mundo da joalharia. Desenvolve uma marca em nome próprio desde 2012, depois de uma formação na Escola Engenho e Arte. Em 2015 funda o Tincal lab, espaço de trabalho, exposição e dinamização da joalharia contemporânea, no centro do Porto.

 

Áurea Praga (Portugal) | representante Joalharia

Dedica-se à joalharia e ilustração, cruzando estas áreas. Pós-Graduada em Design de Joalharia e Mestre em Design, ambos na ESAD Matosinhos; licenciada em Design de Comunicação, pela FBAUP. É actualmente Coordenadora do Departamento de Joalharia e Docente na ESAD Matosinhos desde 2016.

 

Tauan Bernardo (Brasil) | representante Tecnologia

Apaixonado pelas novas tecnologias, designer e maker, foi proprietário de uma agência de design de produto durante 8 anos desenvolvendo equipamentos de tecnologia. Foi director do Garagem FabLab, em São Paulo e professor no IED. Está actualmente sediado no Porto, onde se dedica à consultoria, colabora com FabLabs e dá aulas na Porto Design Factory.

 

Ver galeria dos participantes no FACEBOOK

Eventos Portugal

Três países de língua oficial portuguesa integram a lista do World Gold Council das maiores reservas de ouro em 2018, totalizando 454,2 toneladas que valem, segundo cálculos da Lusa, mais de 15 mil milhões de euros.

Segundo os dados do World Gold Council, Portugal ocupa o 14.º lugar e tem 382,5 toneladas em ouro, que correspondem a 66,3% do total de reservas de ouro do país. Portugal é o lugar com a maior quantidade de reservas em ouro: 87,0% das reservas internacionais do país estão em ouro. Portugal possui 382,5 toneladas do metal. A Grécia, por sua vez, possui quase um terço disso, 112,0 toneladas, mas é o segundo país em que o metal representa a maior porcentagem das reservas internacionais totais: 80,1%.

Noticias